Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

N. Armas encomenda dois novos ferries.

"Botadura" do Volcán de Tinamar.
O Volcán de Tinamar já flutúa. Esta é uma notícia importante, embora o mas relevante do ato, fué o anúncio do acordo entre Armas e Barreras para a construção de dois novos ferries de 205 mts de eslora com um valor total de 350 M€. A construção iniciar-se-á a partir de Junho pois terá que adecuar as gradas do estaleiro às características dos novos "hóspedes".
Video "botadura V. Tinamar, por drguranus:

por CX9AAW :

Video promocional Naviera Armas:

(©) Imágenes facilitadas por Naviera Armas.
(©) Copyright texto: Antonio Sáez, Tenerife.

2 comentários:

DavidB disse...

O interesante saber agora e´ se algum dests novos Ferrys mais pequenos fara a ligaçao Funchal/PontaDelgada.

O Sr Manuel sabe se a alguma abertura por parte do Governo Açoriano para esta ligaçao ? Eu acho que aqui na Madeira o governo nao se opõem a ligaçao .

Manuel disse...

Boas caro DavidB, não em esqueci do post que propôs, mas não tive o tempo que precisava para trabalhar nele, será para muito breve.
sendos estes dois ferrys maiores que o Teide, dificilmente virão para os Açores, penso eu.
Porque não investem os portugueses nesta ligação ferry, afinal qual será o futura da Atlânticoline? e a Porto Santo Line, não poderia também ter uma palavra a dizer, uma vez que a Boxlines pertence ao mesmo grupo, podendo-se complementar numa ligação Açores Madeira?
Com ferrys grandes acho que dificilmente teremos uma linha regular, incrivel que um país que se diz ser de marinheiros, estaja à espera da ilgação da Armas, não tenho nada contra a Armas pois até admiro este Armador, mas para que andam os nossos politicos a falar de investir no mar, e depois é o que se vê.
Quanto ao governo Açoriano, sinceramente não sei, acho que não seria contra, mas como disse também ainda não percebi qual será o futuro da atlânticoline, e para mim isso era essencial saber.
Um abraço,
Manuel