Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

sábado, 12 de fevereiro de 2011

N/T "MADEIRO" na Praia da Vitória

 Tal como prometido a 25 de Janeiro apresentamos agora algumas fotos do N/T "MADEIRO" referentes à sua segunda escala no porto da Praia da Vitória. Apreciamos assim mais de perto este bonito navio e partilhamos convosco alguns pormenores mais recônditos.
(c) copyright fotos: Cte. Henrique D´Almeida, Praia da Vitória.
(c) copyright texto: Cte. Rui Carvalho, Praia da Vitória.

8 comentários:

EstivadoresAveiro disse...

Ola Manuel,
este navio pertence a frota portuguesa?
Abraço
Orlando Miguel08

Tiago Neves disse...

Irmão do que entra aqui em Aveiro, o MT Malmo:

http://www.roda-do-leme.com/2010/07/navio-tanque-mt-malmo.html

Bom post! Quando o vi pela primeira vez quase pensava que era o Malmo, mas afinal não. Pelo menos esse tem um nome bem mais interessante..

Cumprimentos,
Tiago Neves.
www.roda-do-leme.com

Manuel disse...

Boas Orlando, o navio pertence ao Armador Empire Chemical Tanker, mas a tripulação é Portuguesa, penso que o navio está afretado pela Sacor. Mas não tenho a certeza, pode ser que algum amigo nos explique melhor.
Abraço,
Manuel

Manuel disse...

Boas Tiago, Obrigado pelo comentário, quanto ao post, tenho que Agradecer aos Amigos Rui e Henrique.
Também concordo contigo gosto mais deste nome, o que dá que pensar é o facto de o abastecimento das ilhas (combustivel)ser feito por navios estranjeiros, e também a distribuição inter ilha é feita por um navio de bandeira portuguesa, mas que pertence a um Armador alemão, não tenho nada contra navios estranjeiros ( muito pelo contrario) mas dá que pensar.
Abraço,
Manuel

EstivadoresAveiro disse...

Como é que o Sôr Tiago sabe destas coisas todas...??
ehehe
Eu só os vejo passar, nem tinha dado conta que era igual ao Malmo.
Abraço
Orlando Miguel08

Anónimo disse...

E´ um belo navio, e a nivel de operacionalidade, dizem os que la navegão, ser muito operacional. pena nao haver destes "mimos" na nossa ja quase inesistente marinha mercante, o que de facto dá muito para pensar, no trabalho de quem nos desgoverna, alem do mais, quem pode investir, não investe, pelo menos por ca, isto da que pensar, se até a propria sacor maritima opta por não ter tonelagem propria, o que é uma tristeza....
ai portugal portugal, quem te viu e quem te ve....
Podre velho do restelo, que na sua consciencia realistica, estava certo, embora muitissimos anos antes...

um grande abraço amigo manuel

Francisco Nunes

Manuel disse...

Boas Amigo Francisco, concordo contigo, e acrescentaria, que o País vai vendo ser destruida a sua industria de construção naval, a sua frota mercante, mas o mais grave quanto a mim é que o País vai também perdendo a sua identidade que estava durante seculos ligada ao mar desde os descobrimentos, etc, hoje está tudo no fim inclusive o País.
Um Abraço,
Manuel

Anónimo disse...

Boa tarde. Alguém sabe como posso conseguir informações (BHP, Tamanho, Bow Thruster e etc...) do navio tanque AMALTHIA (imo 9396294) Desde já agradeço.