Tanto o transporte marítimo como os portos devem ser pensados, não como entidades separadas, mas como componentes
interligados, como duas peças de uma engrenagem" Koji Sekimizu , Secretário-Geral da IMO

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

"Dockwise Vanguard", o navio excepcional do ano 2013



A Dockwise é uma empresa Excepcional, um Líder , nasceu em 1993 da junção da Wijsmuller Transport e da Dock Express Shipping, junção que visou criar a maior e mais versátil  empresa  no segmento dos transportes pesados oceânicos, conta com uma frota de vários navios semi-submersíveis, sendo o "Blue Marlin", até à bem pouco tempo  o maior, suplantado em 2013 pelo Fantástico e Excepcional novo navio da empresa o   "Dockwise Vanguard", construído nos estaleiros Sul Coreanos da Hyundai.
As sua dimensões e capacidade de carga deixam qualquer um fascinado, o navio tem um comprimento de 275 metros, por 70 metros de boca, sendo que terá a capacidade de submergir 16 metros afim de poder carregar cargas com peso e dimensão excepcionais. Para além de  um desgin evoluído destaca-se ainda o facto de 4 das 5 secções de casario serem moveis, facilitando o carregamento de determinadas cargas.
 O SSHTV "Dockwise Vanguard ", é o maior navio semi-submersível  de transporte pesado do mundo, quanto a mim é o navio que mais me fascinou no ano que ontem terminou!
©Copyright fotos: Dockwise Vanguard
Vídeo Youtube /Canal SWZ Rotterdam

2 comentários:

António Barreto disse...

Não é caso para menos, caro Manuel; é fantástico. A Coreia do Sul está no topo do desenvolvimento tecnológico mundial, em particular na construção naval. Por cá falamos e discutimos mal e demais.

Um bom ano de 2014 para si e família.

Manuel Bettencourt disse...

Caro António Barreto, Obrigado que tenha também um excelente 2014 juntamente com a sua família!

Concordo consigo, discutimos muito e mal! Dá-me e impressão que não temos um rumo claro, um projecto bem definido ao nível do desenvolvimento da construção naval, como parte importante de um país que pode e devia pensar no mar.

Abraço
Manuel